Como fazer cuscuz marroquino? Aprenda a receita passo a passo

Se você está procurando saber como fazer cuscuz marroquino, então acredito que esse artigo foi feito especialmente para você. Aqui eu vou te contar o passo a passo para preparar esse prato e também vou te passar umas dicas importantes para você nunca mais errar essa receita. 

Aqui também vou te contar quais são os principais benefícios que ele pode oferecer para o nosso organismo. Confira!

Conheça a origem do cuscuz marroquino


como fazer cuscuz marroquino

O cuscuz marroquino tem origem árabe mas se tornou popular em todo o mundo. 

Aqui para o Brasil ele foi trazido por escravos africanos e logo ele ficou muito conhecido entre os nativos. 

Sua grande vantagem é que ele é uma receita super simples de preparar, não precisa nem ir ao fogo. Sem contar que esse é um tipo de prato que te permite usar a criatividade e ousar nos sabores. 

Inclusive, eu acredito que foi por isso que ele se tornou tão popular por aqui. O brasileiro adora criar novas combinações e isso fez com que o cuscuz marroquino se tornasse ainda mais popular. 

Aprenda a fazer o passo a passo


Como eu te falei logo acima, o cuscuz marroquino é bastante popular aqui no Brasil, mas a realidade é que nem todo mundo sabe preparar ele, mesmo sendo super fácil como vou te mostrar. 

Primeiro você vai colocar a água ou o caldo de legumes em uma panela e vai temperar com sal, azeite de oliva e manteiga. Depois vai levar para o fogo baixo, deixar ferver e desligar.

Em seguida adicione o cuscuz, mexa lentamente e deixe descansar por pelo menos 5 minutos com a panela sempre tampada. 

Lembre-se que ele cozinha super rápido e não precisa ir ao fogo.

Depois é só soltar todos os grãos com a ajuda de um garfo e ele está pronto.

Para temperar e finalizar esse cuscuz marroquino, não deixe de conferir esse vídeo abaixo. Nele você vai acompanhar  o passo a passo de uma receita completa para você preparar aí na sua casa. Confira:

O que combina com cuscuz marroquino?


Por ser um prato conhecido em todo o mundo, em cada canto é possível observar uma nova opção de acompanhamento surgindo. 

Aqui no Brasil é comum servir o cuscuz marroquino com carnes ou peixe. Além das opções veganas, onde são servidos legumes assados ou cozidos. 

A grande vantagem do cuscuz marroquino é que ele pode ser servido tanto no café da manhã, como no almoço ou no jantar. Então as opções de acompanhamento são inúmeras. Confira:

  • Vegetais 
  • Frutas secas
  • Queijos
  • Carne vermelha
  • Frango grelhado
  • Peixe
  • Granola 

Qual a farinha usada para fazer cuscuz marroquino?


como temperar cuscuz marroquino

A principal base dessa receita é a mistura da farinha de semolina e algum líquido. 

Esse líquido pode ser água ou qualquer tipo de caldo de legumes. 

A farinha de semolina cozinha super rápido. Por isso não tem a necessidade de ser levada ao fogo para cozinhar, basta deixá-la descansando no caldo quente até ele ser absorvido completamente. 

Conheça os benefícios do cuscuz marroquino


O cuscuz marroquino além de ser super saboroso é também um prato muito nutritivo. 

Ele é rico em fibras que ajudam no bom funcionamento do coração e também em vitaminas A e B1. 

Sem contar que essa iguaria estimula a produção de colágeno. Substância que melhora não só a saúde da pele, cabelo e unhas, como também previne o Alzheimer. 

E além de tudo isso, eu não poderia deixar de mencionar que esse é um prato com poucas calorias e é super indicado para pessoas que possuem restrições alimentares ou estão em processo de emagrecimento. 

Leia também: Almoço de quinta-feira

Faça essa receita!


Acredito que depois desse artigo você já sabe como fazer cuscuz marroquino, não é mesmo? Então comece agora mesmo a separar os ingredientes que você vai precisar e comece a preparar essa receita que acabei de te apresentar. 

Eu tenho certeza que você vai adorar!

Eu espero que essas informações que eu te trouxe hoje tenham te ajudado de alguma maneira. 

Obrigada pela sua companhia até aqui e boa sorte. 

Até a próxima!