Como temperar fígado?

Muita gente não sabe como temperar fígado, mas posso te dizer que com certeza só alho e sal já vai fazer um grande efeito nessa carne. Claro que para garantir um molho gostoso você vai precisar acrescentar mais algumas coisas, por isso vou te passar uma receita certeira!

Por ter um gosto bastante característico é necessário tomar alguns cuidados ao preparar essa iguaria, mas não tem muito segredo! Além do sabor marcante, o fígado é bastante conhecido pelos benefícios para a nossa saúde. Vou falar um pouquinho disso também para te manter informado.

Então fique ligado neste artigo até o final que vou te passar tudo que você precisa saber para finalizar um fígado e deixar ele bem saboroso. 

Como limpar fígado em bife


Como temperar fígado

Normalmente as opiniões sobre essa carne são bem definidas, ou você ama muito ou você odeia! Se você, assim como eu, faz parte do grupo que ama, é preciso aprender a limpar da melhor maneira. Comer um fígado com cheiro ruim ou mal temperado não é uma experiência legal. 

Por isso os cuidados começam no açougue. Sempre escolha um pedaço fresco e que tenha a cor bem viva.

Para limpar você vai começar tirando a membrana, aquela fita branca e envolve o fígado. Fica mais fácil a remoção quando a peça está inteira.

Com uma faca afiada puxe a ponta para trás que ela vai saindo facilmente e então só depois, caso queira, faça os bifes. 

Uma dica importante que vou te passar é: Passe distante do limão ou vinagre! É costume das pessoas usarem um dos dois para “limpar”, mas a verdade é que não limpa nada e acaba deixando seu bife de fígado duro. 

Para limpar, a melhor opção é usar leite líquido! Isso mesmo! Use uma xícara de leite no seu fígado e deixe descansar. Você vai ver que além de limpar ele vai ajudar a aderir melhor o tempero que vai vir depois e vai deixar ele mais macio. 

Como temperar fígado


Como eu te falei acima, o alho e o sal já fazem uma grande diferença nesse preparo, mas particularmente eu gosto de adicionar mais algumas coisas, como por exemplo a pimenta cominho. Caso não queira, tudo bem. Vou te passar uma receita de como temperar fígado acebolado na manteiga que você vai ficar com água na boca. Anota aí!

Receita de fígado acebolado

  • 1 kg de bife de fígado
  • 1 cebola grande cortada em rodelas
  • 5 dentes de alho amassados
  • 1/2 pimentão grande em rodelas
  • 1 colher de sopa de extrato de tomate
  • 1 tomate grande (opcional)
  • 2 colheres de manteiga
  • Coentro a gosto
  • Orégano a gosto
  • Sal e pimenta cominho a gosto

Modo de Preparo

  • Depois de deixar o fígado descansando no leite, lave com água corrente. Adicione aos bifes o alho, o sal e a pimenta cominho, misture bem e deixe descansar por 10 minutos;
  • Em uma frigideira grande e bem quente derreta a manteiga e vá fritando o bife aos poucos e reservando em um prato. Não deixe o fígado por muito tempo fritando para não endurecer;
  • Quando todos os bifes estiverem passados na manteiga, devolva todos na frigideira e adicione o restante dos temperos, junto com o orégano e o extrato. Normalmente o fígado vai soltar água, mas se precisar adicione um pouco para que os legumes amoleçam;
  • Deixe cozinhar por 10 minutos e está pronto seu fígado!

Você pode servir com um arroz amarelo e batatas assadas!

Benefícios do fígado para o seu organismo


Como temperar fígado com leite

O fígado foi classificado como um dos alimentos que mais contém vitaminas em sua composição e um dos mais recomendados para nossa alimentação. 

Por conter menos toxinas, quanto mais novo for o animal, melhor para nossa saúde. Vou listar alguns benefícios dessa iguaria.

 

  • A vitamina B12 e B6 reduz o risco de ataque cardíaco e derrames;
  • O selênio encontrado nessa iguaria pode reduzir processos inflamatórios como a asma e a artrite. Além de ajudar o DNA a restaurar as células;
  • A vitamina A reduz o risco de enfisema principalmente entres os fumantes, contra-atacando os efeitos da fumaça do cigarro no organismo;
  • Rico em vitamina B e seus compostos que ajudam na produção de energia e também processam com mais facilidade os carboidratos;
  • A vitamina A também auxilia no sistema imunológico, associado com o zinco e vitamina C presentes no fígado;
  • O cobre presente no fígado pode contribuir na recuperação de tecido.

Como você está vendo, o fígado deixou de ser mais uma opção no nosso prato e passou a ser um aliado da nossa saúde!

Cuidados que você deve tomar


Por mais que existam diversos benefícios para nosso organismo, o fígado é um alimento que deve ser consumido com moderação. Justamente por obter grandes quantidades de nutrientes, ele pode ser prejudicial em algumas situações!

Como ele é rico em colesterol seu consumo em excesso pode aumentar o risco de doenças cardíacas para quem tem colesterol alto ou já tenha algum tipo de problema cardíaco. 

Além disso, é rico também em purinas, que é uma substância que aumenta os níveis de ácido úrico, por isso quem sofre de gota, o fígado pode piorar os sintomas. 

Ele também deve ser consumido com bastante cuidado em caso de gravidez. Por conter uma grande quantidade de vitamina A, o consumo em excesso pode prejudicar o desenvolvimento do feto principalmente no primeiro trimestre. 

Qual a quantidade que posso consumir?


A quantidade ideal para consumo de fígado por um adulto é de 100 a 250 gr por semana. Essa quantidade pode ser dividida em uma ou duas porções. 

Crianças devem consumir no máximo 1 vez por semana. Por conter muitos metais pesados e também a alta concentração de nutrientes pode ultrapassar os valores recomendados. 

Experimente essa receita hoje mesmo!


Com essa receita que te passei você já sabe como fazer um fígado diferente que vai conquistar toda a sua família! Aqui em casa todo mundo gosta e tenho certeza que também vão gostar por aí. 

Acredito que com essas informações você já tem conhecimento suficiente para consumir o fígado com qualidade e tomando os cuidados necessários. 

Espero que tenha gostado das dicas e da receita, e se puder, volta aqui depois para me contar se deu tudo certo!

Abraços!